Propaganda do PSDB vai cobrar apuração do caso Waldomiro

O PSDB começa a veicular nesta quinta-feira à noite, em cadeia nacional, suas novas peças publicitárias. Ao todo serão cinco filmes e um dos temas centrais será o questionamento ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em entrevista coletiva concedida na semana passada, o presidente nacional do partido, José Serra, disse que é hora de cobrar de Lula as promessas que ele fez na campanha, entre elas os programas de geração de emprego e crescimento econômico. Para tentar colocar o PSDB como um dos principais partidos de oposição ao governo petista, José Serra vai dizer emum desses programas, por exemplo, que os tucanos não prometem aquilo que não pode ser cumprido. Outro crítico do atualgoverno federal, senador Arthur Virgílio (AM), líder dos tucanos no Senado, também já gravou participação no programa doPSDB. Em sua inserção, Virgílio cobrará providências imediatas do Planalto sobre o escândalo Waldomiro Diniz. Virgílio é umdos maiores defensores no Congresso Nacional de uma CPI para investigar este caso.O programa dos tucanos será levado ao ar na mesma semana em que um dos pré-candidatos do PSDB à Prefeitura de SãoPaulo, o secretário de Segurança Pública, Saulo de Castro, anuncia oficialmente a disposição de fazer parte das eleiçõesmunicipais deste ano. Saulo participou ontem do programa Roda Viva, da TV Cultura, e garantiu que é pré-candidato do partido nessas eleições municipais, alegando que é hora de o PSDB governar também a Capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.