Promotora de AL diz sofrer ameaças

A promotora de Justiça Salete Adorno, da comarca de Pão de Açúcar (AL), disse à polícia que sofre ameaças de morte e pediu abertura de inquérito para investigar o caso. De acordo com ela, as ameaças partem de políticos incomodados com sua atuação como promotora eleitoral. O delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti anunciou investigação. Só neste ano, outros dois promotores já tinham denunciado ameaças de morte em Alagoas. Segundo a promotora, as ameaças vêm sendo feitas desde maio, quando ela mandou apreender 250 cestas básicas e cerca de 5 mil folhetos com conteúdo eleitoral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.