Promotor diz que banco resiste à venda de ações

O promotor de Justiça Silvio Marques afirmou que o Deutsche Bank, na Ilha de Jersey, está "dificultando a venda das ações da Eucatex, da família de Paulo Maluf, naquele paraíso fiscal." Jersey liberou 1,467 milhão de libras de offshores ligadas à família do deputado para o município. O restante será obtido pela venda das ações. O Deutsche esclareceu que "tem cooperado e continuará cooperando com as autoridades competentes em todas as etapas da investigação deste caso". Maluf afirmou que "não é réu no processo em Jersey, não tem ligação com as empresas e não tem conta no exterior."

Agência Estado

06 Junho 2013 | 08h40

Mais conteúdo sobre:
Maluf Jersey Eucatex venda de ações

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.