Projeto sobre armas entra na convocção extraordinária

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), acertou nesta manhã com o presidente daquela Casa, senador José Sarney (PMDB-AP), a inclusão, na pauta da convocação extraordinária de julho, de projeto de sua autoria que proíbe a venda e o uso de armas de fogo em todo o País. O projeto está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e tem como relator o senador Hélio Costa (PMDB-MG). Também a Câmara já incluiu em sua pauta de julho a votação de matéria sobre o assunto. Trata-se de um substitutivo elaborado pelo deputado Alberto Fraga (PMDB-DF), que para isso juntou diversos projetos que tratavam do assunto. Relatado pelo deputado Luiz Antônio Fleury Filho (PTB-SP), o substitutivo foi aprovado pela CCJ da Câmara e poderá entrar na pauta do plenário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.