Projeto para cinegrafistas pode ser votado em breve

O deputado federal Marco Maia (PT-RS), autor de um projeto de lei que amplia os direitos de cinegrafistas e fotógrafos, afirmou nesta terça-feira, 18, que o texto pode ser apreciado na Câmara nesta semana ou na semana que vem.

BERNARDO CARAM, Agência Estado

18 de fevereiro de 2014 | 15h05

O PL 6781 de 2010 determina que o profissional que tiver que suportar ou deslocar equipamentos que pesem entre três e cinco quilos terá um adicional de 50% por hora ou fração superior a 15 minutos trabalhados. O profissional também vai ganhar uma folga a cada 14 jornadas diárias em que tiver ocorrido pelo menos um deslocamento externo. O projeto garante ainda o direito à aposentadoria após 30 anos de serviços prestados.

De acordo com Marco Maia, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), propôs que o PL tramite na Casa em regime de urgência. "É um projeto que recupera e dá o devido valor a esta categoria importante", disse. A movimentação ficou mais forte depois da morte de Santiago Andrade, cinegrafista da TV Bandeirantes que morreu após ser atingido por um rojão enquanto cobria um protesto no Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Câmaracinegrafistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.