Projeto espera por votação há 10 anos

O Congresso tenta há dez anos aprovar um projeto de lei regulamentando a questão das cotas nas universidades e escolas técnicas federais do País. O projeto inicial, com o número 73/1999, já passou pela Câmara, onde foi aprovado em 2008, e encontra-se agora no Senado, na Comissão de Constituição e Justiça.O projeto reserva 50% das vagas para estudantes provenientes da rede pública, com subcotas para negros, pardos, índios e os grupos provenientes das famílias mais pobres. Entre os senadores é quase unânime o apoio à ideia de cotas para alunos da rede pública. Estão divididos, porém, quanto às chamadas cotas raciais.Enquanto o Congresso não se decide, as universidades públicas têm criado esquemas próprios de cotas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.