Programa nuclear do Brasil não preocupa EUA, diz embaixador

O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, John Danilovich, afirmou que seu país não tem nenhuma desconfiança com relação ao uso da energia nuclear no Brasil. Ele lembrou que o secretário de Estado, Colin Powell, deixou isso muito claro quando esteve no Brasil, no início de outubro. "Não temos a preocupação de que o programa nuclear brasileiro envolva mais do que a geração de energia", afirmou. "Acreditamos no Brasil." Danilovich reafirmou esperar que o País assine o protocolo adicional da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e avaliou que a inspeção da AIEA em Resende foi bem. Oficialmente, o governo brasileiro não se recusa a assinar o protocolo adicional da AIEA. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, indicou que isso poderá ocorrer depois de concluídas as negociações em torno da inspeção da AIEA na planta de enriquecimento de urânio em Resende.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.