reprodução
reprodução

Programa 'Entre Nós', da TV Estadão, recebe a senadora Marta Suplicy

Governo Temer, os novos rumos da política e a radicalização no mundo estão entre os temas abordados na entrevista, conduzida pelo colunista Eduardo Moreira

O Estado de S.Paulo

06 de julho de 2016 | 13h41

O programa Entre Nós, da TV Estadão, recebe a senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), pré-candidata à Prefeitura de São Paulo. Entre os assuntos tratados estão a composição do governo de Michel Temer e os novos rumos da administração pública nacional. Além disso, a parlamentar falou da radicalização política, não apenas no Brasil, mas em todo mundo, das polêmicas do período em que foi prefeita da capital paulista - entre 2001 e 2004. 

Confira a entrevista completa:

O programa. Empresário de finanças e autor do best seller Encantadores de Vidas, o colunista Eduardo Moreira teve a ideia de fazer o Entre Nós em conversas informais com amigos do mesmo setor. O gestor afirma que seu principal desafio é fazer entrevistas com um viés diferente do jornalismo convencional. "Conseguir fazer com que o entrevistado possa seguir uma linha fluida e dar coisas interessantes para quem está assistindo à entrevista é o grande desafio. A coisa que eu mais tenho aprendido, e quem me falou foi a Leda Nagle (jornalista da TV Brasil), é que o segredo de toda entrevista é ouvir o entrevistado, porque quando você faz isso, uma resposta te puxa para outra pergunta."

 

Curto e interativo, o Entre Nós tem o objetivo de fazer com que todas as pessoas se identifiquem e busquem resultados melhores para as suas vidas. "Uma das principais motivações que eu tive é mostrar para as pessoas que, por trás dos nomes mais ricos do País, existe uma pessoa como a gente, que tem seus medos, anseios, sonhos, já teve seus fracassos, suas frustrações, e também teve vários sucessos. Quando você humaniza essas pessoas, faz com que as outras  achem que também podem chegar lá", diz Moreira.

Para assistir a esse e outros vídeos, acesse a TV Estadão ou assine o canal do Estadão no YouTube.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.