Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Programa do PRB sugere candidatura de Russomano

Deputado usou propaganda partidária para reclamar que não teve tempo de TV suficiente para rebater as acusações contra ele na campanha de 2012

Valmar Hupsel Filho, O Estado de S. Paulo

22 de janeiro de 2015 | 20h54

São Paulo - Terceiro colocado na disputa pela prefeitura de São Paulo em 2012, o deputado Celso Russomano (PRB) usou a propaganda partidária de seu partido, veiculada na noite desta quinta-feira, 22, para dar um recado claro de que estará novamente no páreo em 2016. No vídeo, Russomano reclama que, na campanha, não teve tempo de TV suficiente para se defender dos ataques dos quais foi alvo e que lhe tiraram do segundo turno a poucos dias da votação. 

"Nós não tínhamos tempo de TV para responder aos ataques de nossos adversários", diz Russomanno na propaganda. O candidato do PRB lembrou que tinha quatro inserções de TV enquanto os adversários dispunham de três vezes mais. 

A reclamação de Russomano surge no vídeo em meio a depoimentos que relatam o crescimento do PRB nas últimas eleições - o que significa que os candidatos da legenda terão mais tempo de TV, independente das coligações que fizer. 

O partido, que comemora 10 anos de existência em agosto deste ano, até então tinha 8 deputados federais e a partir de fevereiro, quando iniciar a nova legislatura, serão 21. O número de deputados estaduais aumentou de 19 para 31. 

A peça conta ainda com depoimentos das duas deputadas eleitas pelo partido pela primeira vez, do ministro George Hilton, recém-nomeado para comandar os Esportes, e de Marcelo Crivella, primeiro candidato da legenda a chegar ao segundo turno de uma eleição estadual. 

Russomano não foi localizado nesta quinta-feira, 22. O presidente do PRB, Marcos Pereira, disse que programa veiculado nesta quinta tinha o objetivo de "agradecer os mais de 8,8 milhões de votos que o partido recebeu em 2014, que resultou num crescimento da representação da legenda no Congresso." 

Questionado se a aparição de Russomano seria um recado de que ele estaria na disputa em 2016, Pereira não negou nem confirmou. Disse apenas que "fica no ar a resposta..."

Tudo o que sabemos sobre:
Celso RussomanoPRB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.