Programa de Tarso no RS volta exibir depoimento de Lula

O programa do PT no Rio Grande do Sul voltou a exibir hoje uma mensagem de apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao candidato do partido ao governo do Estado, Tarso Genro. "Tarso, eu queria te dizer uma coisa: se você conseguir desempenhar com a mesma desenvoltura, qualidade e capacidade de trabalho que teve no governo federal no Rio Grande do Sul eu não tenho dúvida nenhuma que você marcará a historia da governabilidade no Estado", afirma Lula, na gravação, que já havia sido mostrada na noite de sexta-feira.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

23 de agosto de 2010 | 15h05

Ao longo do programa, Tarso mostrou passagens de sua vida em São Borja, onde nasceu, e em Santa Maria, onde passou boa parte de sua juventude, para concluir que está pronto para o desafio de recolocar o Estado gaúcho no caminho do desenvolvimento. A candidata do PT à sucessão presidencial, Dilma Rousseff, ainda apareceu na propaganda dos candidatos do PT, Paulo Paim, e do PCdoB, Abgail Pereira, ao Senado. Na mesma inserção ela tece elogios aos dois.

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, apareceu na propaganda dos concorrentes ao governo do Estado, Montserrat Martins, ao Senado e à Assembleia Legislativa. Sem citar os nomes dos candidatos, ela pede votos para o partido. No programa, Martins promete criar um conselho gestor para a educação estadual.

O programa do PSDB não exibiu imagens, o nome e nem citou José Serra, candidato do partido à Presidência. A governadora Yeda Crusius, que concorre à reeleição, destacou que passou a pagar as contas em dia em 2008 e criou programas sociais como uma rede de assistência às mulheres gestantes.

O nome de Dilma apareceu numa tarja da propaganda dos candidatos a deputado estadual do PSB, enquanto o de Serra apareceu numa tarja dos concorrentes do PMN ao governo do Estado, Senado e Assembleia Legislativa. Nenhum dos candidatos fez ataques aos adversários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.