Professor Luizinho diz que Câmara deve aprovar mínimo de R$ 260

O líder do governo na Câmara, deputado Professor Luizinho (PT-SP), disse que considera que a Câmara vai manter o compromisso com o ajuste fiscal do País, aprovando novamente o salário mínimo de R$ 260,00. A avaliação foi feita ao tomar conhecimento da aprovação pelo Senado do valor de R$ 275,00 para mínimo. "Tenho convicção de que os deputados e as deputadas vão garantir os interesses maiores do País e continuar consolidando o desenvolvimento", afirmou o líder, referindo-se ao fato de que a medida provisória do salário mínimo terá que ser novamente votada pela Câmara, já que foi alterada pelo Senado. Na Câmara, havia sido ratificado o valor de R$ 260,00 previsto na MP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.