Produtores desmentem queda no número de invasões

O diretor do Movimento Nacional dos Produtores (MNP), João Bosco Leal, desmentiu hoje o balanço divulgado pelo ministro da Reforma Agrária, Raul Jungmann, apontando queda no número de invasões de terras no País. Segundo ele, é impossível que, como disse Jungmann, tenham ocorrido apenas 23 ocupações de janeiro a maio, já que, apenas em Mato Grosso do Sul, foram 16 neste período, sem contar as terras invadidas por índios.Apenas em maio, de acordo com Leal, foram 8 invasões de terras no MS. "O ministro está divulgando uma situação que não é a real", disse. De janeiro a junho foram 19 invasões, numa área de 17 mil hectares. Dessas áreas, dez continuam ocupadas. Outras oito, ocupadas no ano passado, permanecem invadidas, mesmo já havendo ordem de reintegração de posse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.