Produto em teste pode matar larva do mosquito da dengue

O município de Bertioga, na Baixada Santista, está propondo uma parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), com o objetivo de participar dos testes com um novo produto idealizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para a destruição das larvas do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.Até agora, a cidade litorânea não apresentou nenhum caso autóctone da doença mas, ao saber que o produto atua em locais com água parada, sem causar danos à saúde da população, mostrou interesse em participar da pesquisa. O produto, criado após dois anos de estudos, poderá ser introduzido no mercado até dezembro, sob a forma de solução para pulverização ou em pastilhas. Esse material seria utilizado em piscinas, que podem se transformar em criadouros do inseto. A bactéria, denominada Bacillus thuringiensis, é um dos segredos da fórmula do larvicida. De acordo com os técnicos da Funasa, a comercialização do produto está dependendo apenas do teste oficial de eficiência, que será realizado até o final do mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.