Procuradoria defende direito a voto de preso

A Procuradoria Eleitoral em São Paulo entrou com representação no TRE para que garanta nas eleições de 2010 o direito ao voto dos presos provisórios do Estado. Com um terço da população carcerária do Brasil, até hoje São Paulo não garante o exercício desse direito aos presos, como ocorre em outros Estados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.