Procuradores preparam contestação de racionamento

O procurador federal de Justiça de São Paulo, José Geraldo Brito Filomeno, afirmou, ao chegar ao Palácio do Planalto, que o Centro de Apoio dos Promotores de Justiça e de Defesa do Consumidor já está estudando a adoção de medidas judiciais cabíveis para contestar o plano de racionamento de energia imposto pelo governo federal. Filomeno, ex-coordenador-adjunto da Comissão que elaborou o Código de Defesa do Consumidor, participará da reunião que o presidente Fernando Henrique Cardoso e os integrantes da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica (CGCE) terão com representantes de órgãos de defesa do consumidor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.