Procuradores da República no combate à corrupção

Em um documento intitulado Carta do Recife, elaborado durante o 23º Encontro Nacional dos Procuradores da República, encerrado nesta sexta-feira, 3, no litoral Sul de Pernambuco, o Ministério Público Federal reforçou como sua prioridade "o combate a todos os atos de corrupção e desvio de verbas públicas".O repúdio à PEC 37, em tramitação no Congresso Nacional e que tem entre seus objetivos estabelecer a exclusividade da investigação criminal pelas polícias, também consta do documento.Os procuradores da República pregam a intensificação da atuação junto ao Poder Legislativo a fim de reforçar e aprimorar instrumentos de combate à criminalidade e delitos que resultam em prejuízo da administração pública. E a necessidade de permanente transparência na gestão da coisa pública.O encontro durou três dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.