Procurador é o novo adjunto de Segurança de SP

Guilherme Bueno de Camargo, de 43 anos, assumirá o cargo deixado por Lauro Malheiros Neto

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

08 de maio de 2008 | 19h54

O procurador Guilherme Bueno de Camargo, de 43 anos, assumirá o cargo de secretário-adjunto estadual da Segurança Pública de São Paulo. Camargo aceitou o convite feito nesta quinta-feira, 8, pelo secretário Ronaldo Marzagão e será nomeado nos próximos dias. O procurador ocupará a vaga deixada pelo ex-secretário-adjunto Lauro Malheiros Neto, que pediu demissão na quarta-feira, 7, para se defender da acusação de envolvimento com o investigador Augusto Pena. Pena foi preso acusado de achacar e seqüestrar membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Camargo estava lotado na assessoria jurídica da Secretaria Municipal de Negócios Jurídicos da capital paulista. Na Prefeitura desde 2003, ele trabalhou no Departamento Fiscal da Procuradoria-Geral do Município e no Conselho Municipal de Tributos. Camargo também foi chefe de gabinete da Secretaria Estadual da Justiça e Defesa da Cidadania e atuou por dez anos como auditor da Receita Federal e na administração de grandes empresas. Segundo a Secretaria de Estadual Segurança Pública (SSP), Camargo é formado em administração pública e direito, com mestrado e doutorado em Direito Econômico e Financeiro pela Universidade de São Paulo (USP).

Tudo o que sabemos sobre:
SegurançaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.