Procurador é contra cassação de Costa

O procurador regional eleitoral Fernando José Araújo Ferreira divulgou ontem parecer contra a cassação e a inelegibilidade do prefeito eleito do Recife, João da Costa, do PT, acusado de abuso de poder político e econômico por uso da máquina para fins eleitorais. Ele defende, no entanto, aplicação de multa de 70 mil Ufirs (cerca de R$ 70 mil) para Costa e o atual prefeito, João Paulo (PT). Costa foi cassado em primeira instância a partir de ação do Ministério Público do Estado. Ele ganhou as eleições sub judice.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.