Procurador confirma conversa com ACM

O procurador da República Luiz Francisco de Souza disse hoje que as informações publicadas pela Revista IstoÉ expressam literalmente o conteúdo da conversa entre os procuradores e o senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA). Ele disse que é irrelevante saber quem gravou. Segundo Luiz Francisco, a preocupação da sociedade tem que ser com o conteúdo. Ele disse também que não assinou a nota pública divulgada pelos procuradores Guilherme Schelb e Eliana Torelly por não concordar com alguns pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.