Procurador acusado de encomendar morte vai a julgamento

Está na pauta do Tribunal de Justiça desta quarta-feira, 22, a apresentação da denúncia contra o procurador afastado Vicente Cruz, acusado de ter contratado pistoleiros para matar o atual procurador-geral do MPE do Amazonas, Mauro Campbell. O relator do caso, desembargador Domingos Chalub mandou libertar Cruz, que foi preso no dia 9 de janeiro acusado de encomendar a morte de Campbell por R$ 20 mil para um pistoleiro que resolveu denunciar o plano ao MPE. Na época, o desembargador argumentou que não havia elementos para manter o procurador preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.