Procissão reúne 10 mil em Aparecida

Cerca de 10 mil pessoas participaram da mais tradicional Via Sacra do Vale do Paraíba, realizada hoje de manhã, no Morro do Cruzeiro, na cidade de Aparecida. A procissão, organizada pela Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, é feita todos os anos na Sexta-feira Santa e relembra a caminhada de Jesus até o seu calvário. Foram duas horas de caminhada. Os participantes fizeram as paradas de oração nas 14 estações existentes no morro, que representam as paradas que Jesus Cristo fez no dia de sua morte, quando carregou uma cruz até o local onde seria crucificado. Para os fiéis, participar da procissão é uma maneira de agradecer graças recebidas e também buscar forças para superar os problemas do dia-a-dia. A dona-de-casa, Fernanda de Souza, de 57 anos, fez o percurso descalça. Para ela, isso serviu para mostrar sua fé e também conseguir forças. "A fé em Jesus é tudo na minha vida", afirmou. A aposentada Irene Rocha Ozile, de 60 anos, acendeu uma vela em cada parada. Ela explicou que faz esse ritual há 27 anos, sempre em Aparecida. "É minha forma de agradecer as graças que recebo em minha vida", disse. A procissão terminou no alto do cruzeiro, onde os participantes ouviram as palavras finais do padre Elias Guimarães. "A realização da Via Sacra é para que os fiéis possam sentir um pouco como foi o sofrimento de Jesus em sua caminhada para o calvário", explicou o padre. O Morro do Cruzeiro foi inaugurado em 1948 e foi totalmente reformado, sendo reinaugurado em 2000. O local é um dos principais pontos de peregrinação do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.