Problema técnico atrasa apuração nas eleições do PT

O PT ainda não divulgou números preliminares das eleições realizadas neste domingo, para a escolha do novo presidente nacional do partido. Segundo a assessoria de imprensa do PT, problemas de configuração no sistema de apuração estão dificultando a contabilidade dos votos. "Estamos fazendo o possível para ter ainda hoje alguma parcial", informou a assessora de imprensa, Rosana Ramos. No entanto, de acordo com Francisco Rocha da Silva, membro do diretório nacional do PT, a apuração está na reta final em alguns Estados.Ele afirma que no Rio de Janeiro, mais de 80% dos votos já foram contados e apontam para a vitória do deputado José Dirceu, que até agora obteve 50% da preferência do eleitorado petista. Dirceu também está vencendo no Mato Grosso do Sul, com mais de 80% dos votos apurados. No Rio Grande do Sul, o candidato Raul Pont, ex-prefeito de Porto Alegre, está na frente seguido pelo presidente licenciado do PT gaúcho, Júlio Quadros.As eleições do partido foram marcadas, segundo Rocha, pela falta de quorum em muitos diretórios, entre eles o das cidades Santos, Belo Horizonte, Juiz de Fora e Contagem. Na capital paulista, vários diretórios zonais também não tiveram número suficiente de eleitores.Pelas regras da eleição do partido, caso o diretório não atinja 15% dos filiados locais, os votos colhidos não serão computados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.