Primeiros resultados apontam vitória de Marcos da Costa na OAB-SP

Disputa pela presidência da entidade no Estado está acirrada e candidato da situação aparece com pouco mais de três pontos percentuais a frente do segundo colocado, Alberto Toron

O Estado de S.Paulo - atualizado às 14h03

30 de novembro de 2012 | 13h00

Os primeiros resultados da apuração dos votos da eleição do novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP) apontam a vitória do candidato da situação Marcos da Costa. Em uma disputa acirrada, Marcos da Costa aparece com pouco mais de dois pontos percentuais a frente do segundo colocado, o candidato da oposição Alberto Toron.

 

De acordo com o painel da entidade com a apuração provisória dos votos, às 14h03 desta sexta-feira, 30, Marcos da Costa venceria as eleições com 38,31% dos votos. Toron ficaria com 34,76%, seguido de Ricardo Sayeg, também da oposição (21,02%). Já foram contabilizados os votos das 216 seções da capital e das 338 do interior (de um total de 535). Somados, votos brancos e nulos representam 5,91%.

 

A votação foi realizada nessa quinta-feira. Estava aptos a escolher o futuro presidente 250 mil advogados, de um total de 320 mil inscritos no Estado. Nesta sexta, o vencedor já será conhecido, mas a proclamação do eleito será feita somente na segunda-feira, 3 de dezembro, de acordo informou em nota a Comissão Eleitoral da OAB-SP.

 

A OAB-SP é considerada a mais importante e mais rica entidade da beca no País, com orçamento anual de mais de R$ 200 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
oab spmarcos da costaalberto toron

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.