Primeira-dama veste maiô petista para tomar sol com Lula

Depois do polêmico canteiro em forma de estrela no jardim do Palácio do Alvorada, a primeira-dama Marisa Letícia resolveu adotar o símbolo do PT como moda praia. Usando chapéu de palha e um maiô branco com uma grande estrela vermelha na parte da frente, ela e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomaram sol na manhã de hoje na praia de Inema, na Base Naval de Aratu, a 40 quilômetros do centro de Salvador. Acompanhado de parentes e amigos, o casal está hospedado na base desde a noite de quarta-feira.O casal saiu às 9h25 da residência em que estão hospedados e caminharam na areia da praia. O presidente, de camiseta branca e calção azul, passou protetor solar na primeira-dama e ainda tirou a saída de praia dela. Na sexta-feira à tarde, Lula saiu para pescar com o chefe da segurança da Presidência, General Dias.A presença de cinegrafistas e fotógrafos no píer que fica no povoado de São Tomé de Paripe, a dois quilômetros do local em que está o presidente, chamou atenção de moradores da localidade e freqüentadores da parte da praia, que é aberta ao público. É pelo píer que embarcam, de 20 em 20 minutos, os passageiros das lanchas que seguem para as ilhas da Baía de Todos os Santos.No momento em que Marisa foi vista pelos cinegrafistas com o maiô de estrela, os passageiros se amontoaram na tentativa de ver a primeira-dama. O jogo de futebol na areia embaixo do píer parou por alguns instantes, mas sem as lentes das câmeras era impossível ver o casal. Um vendedor ambulante aproveitou o movimento para instalar uma barraca de buttons e camisetas de Lula e de Che Guevara. A praia é dividida por um muro. De um lado é Inema, onde fica a limpa base da Marinha. Do outro, está a parte suja, de São Tomé de Paripe, lotada de ambulantes e freqüentadores das favelas próximas. Mas o mar, tanto de um lado quanto de outro, não é o mais limpo da Baía de Todos os Santos. Indústrias despejam resíduos e esgotos residenciais são lançados ao mar sem tratamento. A previsão é que o presidente deixe a base na tarde deste domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.