Divulgação/Twitter Jair Bolsonaro
Divulgação/Twitter Jair Bolsonaro

Bolsonaro deve receber alta na quarta-feira, diz médico responsável

Presidente está internado desde 27 de janeiro, véspera da cirurgia para reconstrução do trânsito intestinal

Mateus Fagundes e Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo

12 de fevereiro de 2019 | 11h43
Atualizado 12 de fevereiro de 2019 | 14h48

A alta do presidente Jair Bolsonaro está prevista para a quarta-feira, 13, informou o médico Antonio Luiz Macedo, que acompanha seu quadro de saúde. Ele dormiu bem à noite e não teve febre. O presidente está internado desde 27 de janeiro, véspera da cirurgia para reconstrução do trânsito intestinal. 

De acordo com Macedo, o presidente está "excelente" e muito bem humorado. Nesta terça, 12, o presidente deu sete voltas de 40 metros cada em uma caminhada pelo corredor do Hospital Israelita Albert Einstein. Ele não usou andador nem teve ajuda de enfermeiros. 

Na segunda, o Estadão/Broadcast informou que a equipe médica do Hospital Israelita Albert Einstein deu aval para dar alta ao presidente nesta quarta-feira. "Ele pode ter alta, sim. Mas eu não sei se ele vai quarta, ele e o cerimonial (do Planalto) vão decidir", disse o cirurgião Antonio Luiz Macedo. "O presidente está ótimo, está perfeito."

Segundo o Planalto, Bolsonaro tem aceitado bem a dieta leve. Ele comeu no café da manhã torrada e fruta cozida e tomou chá. O presidente segue acompanhado da primeira-dama Michelle e do filho Carlos. 

Tudo o que sabemos sobre:
Jair Bolsonaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.