Preso tenta escapar fazendo salto com vara

O presidiário César Aparecido dos Santos, 27 anos, usou uma vara improvisada para, à maneira de um atleta olímpico, tentar saltar por sobre o muro de quase 4 metros do Instituto Penal de Campo Grande. O salto falhou e o preso teve de ser levado à enfermaria, com um braço quebrado.Durante o banho de sol no Pavilhão 1, o assaltante de bancos conseguiu, com uma faca, dominar dois agentes penitenciários. Depois de amarrar os guardas, César juntou as pontas de dois canos de 2 metros de comprimento por 20 milímetros de diâmetro, atando-os com arame.Em seguida, afastou-se uns 20 metros do muro e partiu em desabalada carreira. Santos pretendia saltar o muro do presídio com o uso da vara. Entretanto, quando iniciou o grande salto, a amarra de arame se partiu, e o preso caiu ainda do lado de dentro da cadeia. Em conseqüência, quebrou o braço esquerdo e foi levado para a enfermaria do presídio pelos agentes que havia amarrado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.