Preso suspeito pela morte do prefeito de Campinas

A Polícia Militar de Uberlândia (MG) deteve na terça-feira (25) o assaltante Flávio Aparecido Garbin. Ele é suspeito de ter participado do assasinato do prefeito de Campinas (SP), Antonio da Costa Santos, no último dia 10. A hipótese de participação de Flávio na morte do prefeito do interior paulista foi levantada pois um Vectra prata, com placas de Uberlândia, foi encontrado em Campinas, na região do crime, dez minutos depois da morte de Antonio da Costa Santos. O carro havia sido roubado em Uberlândia e estava com sinais de abalroamento.Flávio, que é fugitivo da Penitenciária de Franco da Rocha, deve ser transferido nesta madrugada para a cidade de Campinas. O delegado seccional de Campinas, Osmar Porcelli, encaminhou ontem ao Fórum de Uberlândia um pedido de transferência de Flávio Garbin, que deve ficar 10 dias em Campinas. O pedido foi autorizado pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Uberlândia, José Luiz Faleiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.