Preso secretário de Saúde de Teresópolis por fraude

O secretário de Saúde municipal de Teresópolis, Paulo Camandaroba, foi preso hoje durante a Operação Tarja Preta, ação do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro em conjunto com a Polícia Civil para desarticular uma quadrilha fraudava a compra de remédios na prefeitura do município, na Região Serrana do Rio de Janeiro. O MP estima que o grupo, que agia desde 2005, tenha desviado cerca de R$ 17 milhões.Segundo informações do MP, a quadrilha atuava nas secretarias da Fazenda, Saúde e Administração da prefeitura de Teresópolis. Entre os presos está o ex-vereador Odenir Cardoso Moreira. Foram expedidos 13 mandados de prisão e 19 mandados de busca e apreensão, mas o MP não confirma se as outras prisões já foram efetuadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.