Preso pelo massacre dos sem-terra é transferido de SP

O fazendeiro Adriano Chafik Luedy, suspeito de ser o mandante da chacina no acampamento do MST, em Felisburgo (MG), preso na noite de ontem em São Paulo, foi transferido nesta quarta-feira para Belo Horizonte.Luedy passou a noite detido e depois foi levado ao Aeroporto de Congonhas, de onde segue para a capital mineira. A polícia de Minas Gerais é responsável pela investigação do caso.O fazendeiro foi detido em um hotel da zona sul da capital paulista. Sua apresentação foi negociada por um advogado diretamente com a Polícia Civil. No dia 20 de novembro, sete homens armados entraram no acampamento Terra Prometida, em Felisburgo, e atiraram contra os trabalhadores rurais que estavam ali. Cinco morreram e pelo menos doze ficaram feridos. O fazendeiro é acusado de ter sido o mandante do crime. Ele é o nono suspeito preso desde o inicio das investigações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.