Preso ex-companheiro de Dutra Pinto

Por meio de uma denúncia anônima, os policiais militares do 13º batalhão detiveram, no início da noite de quinta-feira, Ronilson da Silva Santos, de 29 anos, ex-colega de Fernando Dutra Pinto, seqüestrador do empresário Silvio Santos e da filha dele, Patrícia Abravanel. Ronílson fez companhia, junto com outros presos, a Fernando Dutra Pinto, em uma das celas do Centro de Detenção Provisória (CDP), do Belém, na zona leste da capital paulista. O criminoso estava foragido desde o último dia 22 de janeiro, quando conseguiu escapar do prédio do Setor de Investigações Gerais (SIG). Na ocasião, Santos prestava depoimento sobre as possíveis causas da morte do seqüestrador Dutra Pinto. Nestes dia, ocorreu uma pane elétrica no SIG e, aproveitando a escuridão, o bandido conseguiu descer pelas escadas e fugiu pelos fundos do Distrito Policial do Belém. Nesta quinta-feira, às 18h, Ronílson foi detido no cruzamento entre as avenidas São João e Angélica, portando dois revólveres calibre 38 e uma faca. O detido foi levado ao 77º Distrito Policial, de Santa Cecília, onde prestou depoimento, e depois foi encaminhado ao CDP do Belém.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.