Presidente participará de cúpula do Mercosul na Argentina

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva passará o final de semana em Brasília, sem compromissos oficiais agendados, segundo a Secretaria de Imprensa e Divulgação da Presidência da República. Na próxima semana, ele viajará para a Argentina, onde participará da Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados, em Puerto Iguazu, na quarta-feira. O Brasil assumirá nesse dia a presidência pro-tempore do Mercosul.Durante o encontro será instalado o Tribunal Permanente de Revisão do Mercosul, com sede na cidade de Assunção, no Paraguai. Nessa Corte serão julgadas em última instância as pendências comerciais entre os países membros do bloco. Também será apresentado aos quatro chefes de Estado o primeiro projeto do Parlamento do Mercosul, elaborado pela Comissão Parlamentar Conjunta.Os presidentes do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai vão definir ainda o programa de trabalho 2004-2006, uma inovação no Mercosul. O chamado plano plurianual foi aprovado em dezembro passado em Montevidéu.MéxicoO presidente do México, Vicente Fox Quesada, que está negociando a entrada no bloco, também participará dessa reunião do Mercosul. O subsecretário-geral para a América do Sul, embaixador Luiz Felipe Macedo Soares, disse que o Brasil tem interesse em iniciar essa "negociação quatro mais um" para obter um acordo de livre comércio com o México.Segundo o subsecretário, já existem acordos entre os quatro países e o México. Não são acordos de livre comércio, mas podem servir de base para uma negociação mais rápida, explicou. O México entraria no Mercosul como Estado associado. Luiz Felipe Macedo Soares acrescentou que o México tem um comércio internacional de grandes dimensões e exporta mais do que o dobro das vendas brasileiras para outros países.As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.