Presidente Lula diz estar há 40 dias sem fumar

Em janeiro, presidente teve crise hipertensiva que o levou a cancelar viagem para participar do fórum de Davos

AE-AP,

09 de março de 2010 | 13h37

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em entrevista a agências internacionais nesta terça-feira, 9, que parou de fumar após 50 anos. A mudança foi motivada por seus recentes problemas de saúde, afirmou.

 

Veja Também

linkLula: venda de caças deve garantir transferência de tecnologia

Em entrevista à Associated Press, Lula disse estar sem fumar há 40 dias. Ele contou que tentou parar antes, mas acredita que agora é o momento, pois já está com 64 anos.

Em janeiro, Lula teve uma crise hipertensiva. O problema de saúde o levou a ficar internado por um breve período e a cancelar uma viagem para participar do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

"Foi um incômodo, mas a coisa boa é que parei de fumar", disse Lula. O presidente disse se sentir bem melhor com a mudança de hábito.

Mais conteúdo sobre:
Lulahipertensãofumo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.