Presidente Lula chega a São Paulo vindo de Washington

O avião da Força Aérea Brasileira pousou às 7h25 deste domingo, 1, na base aérea do aeroporto de Congonhas trazendo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de Washington. Lula não comentou a crise aérea deste fim de semana com a imprensa. Quando teve início a greve dos controladores de vôo, no final da tarde de sexta, o presidente estava a caminho de Washington, onde chegou ainda na sexta-feira, às 21 horas. Lula fez uma visita relâmpago para se encontrar com o presidente norte-americano George W. Bush.Seguindo o protocolo, Lula foi recebido no aeroporto de Congonhas por oficiais da aeronáutica que o acompanharam até o helicóptero da Força Aérea que deveria conduzi-lo até sua residência em São Bernardo do Campo. O presidente deve passar o dia com a família e retornar na noite deste domingo para Brasília.O assessor da Presidência para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, que viajou com Lula, deixou o avião e seguiu em um táxi, também sem falar com a imprensa. Neste mês, a visita do presidente dos Estados Unidos ao Brasil teve como principal foco o acordo de biocombustíveis entre os dois países. Desta vez, na viagem de Lula aos Estados Unidos, as negociações devem ir além do acordo bilateral. Os líderes elegeram a Rodada Doha como o principal assunto. Na seqüência, está o tópico biocombustíveis e, depois, a ampliação do relacionamento econômico entre os dois países.A situação agora no aeroporto de Congonhas começa a se normalizar após a crise do fim de semana, apenas com filas acima do normal no check-in da Gol e da TAM. Além da greve dos controladores, a chuva que fechou o aeroporto por uma hora e meia no final da tarde de sábado, fez com que parte dos passageiros que tiveram seus vôos cancelados ou transferidos para este domingo, 1, cheguem a Congonhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.