Presidente evita polêmica sobre a TEC

O presidente Fernando Henrique Cardoso não quis polemizar com o ministro da Economia da Argentina, Domingo Cavallo. Segundo o presidente, que deu entrevista hoje ao lado do presidente argentino, Fernando de la Rúa, em Quebec, Canadá, a referência de Cavallo à Tarifa Externa Comum do Mercosul (TEC) como uma "palhaçada, foi um detalhe". Fernando Henrique reafirmou, juntamente com De la Rúa o compromisso dos dois países e do Mercosul com a data de início da Alca em 2005.FHC voltou a enfatizar que o importante nessa questão não é a definição de datas, mas o conteúdo dos acordos. "Se o acordo for bom, quanto mais depressa for negociado, melhor. Se for ruim, nunca", afirmou. "Às vezes um ministro tem uma opinião; outro tem outra opinião. O que vale é a opinião do presidente (De la Rúa) e a minha. E nós estamos de acordo", afirmou Fernando Henrique.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.