Presidente do TSE diz que Lei Eleitoral 'não é hipócrita'

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres de Brito, também ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), rebateu hoje as declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva segundo as quais a legislação eleitoral contém hipocrisia e falso moralismo ao proibir a assinatura de contratos de obras públicas no segundo semestre. "A lei não é hipócrita, é necessária", declarou Brito.Hoje, Lula criticou a Lei Eleitoral, que impede a liberação de recursos para as prefeituras e governo de Estados a partir do segundo semestre deste ano por causa das eleições municipais de outubro. Por causa desse impedimento, o governo federal reuniu hoje, no Palácio do Planalto, governadores e prefeitos para a liberação de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.