Presidente do TJ assume interinamente governo do Paraná

O desembargador José Coelho assumiu em razão de viagem de dez dias do governador Roberto Requião (PMDB)

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

19 de maio de 2008 | 16h52

O presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador José Antônio Vidal Coelho, assumiu interinamente o governo do Estado nesta segunda-feira, 19, em razão de viagem de dez dias do governador Roberto Requião (PMDB) à Alemanha. O vice-governador Orlando Pessuti (PMDB) e o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Nelson Justus (DEM), têm parentes que pretendem se candidatar às eleições municipais e, para não torná-los inelegíveis, decidiram pedir licença dos cargos e não assumir o governo estadual.Requião deve participar, em Bonn, da reunião da Conferência das Partes sobre Diversidade Biológica (COP9). Ele também pretende conhecer as estradas alemãs e o sistema de segurança do País. De acordo com o governo, apenas os quatro dias de participação na conferência da COP serão pagos pelos cofres públicos. No dia 27, Requião assina acordo pelo qual a Secretaria do Meio Ambiente se compromete a plantar cerca de 100 mil mudas de árvores nativas em mata ciliar.No sábado, será a vez do prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB), viajar a Bonn para o mesmo evento. Em razão de os vereadores pretenderem a reeleição em outubro, o procurador-geral do município, Ivan Bonilha, responderá interinamente pela administração da prefeitura. Richa ficará oito dias fora da cidade. A reunião da Conferência das Partes acontece a cada dois anos. Em 2006 foi realizada em Curitiba, congregando cerca de 5 mil pessoas.

Tudo o que sabemos sobre:
Paraná

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.