Presidente do STJ recebe MST e condena invasões de terra

Depois de receber integrantes do Movimento dos Sem-terra (MST), o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Nilson Naves, disse nesta terça-feira que ?as invasões de terra não resolvem o problema agrário?.Indagado por jornalistas se era afavor ou contra as invações de terra, ele respondeu: ?Esse problema deve ser resolvidopor diálogo, evitando a violência, de modo a conciliar os interesses dos proprietários edos sem-terra. Não é com atos de violência que vai se resolver o problema?.Naves abriu seu gabinete para líderes do MST, advogados e parlamentares ligados ao movimento.Um dos dirigentes do MST, Gilmar Mauro, disse ao presidente do STJ que alguns juízesestavam decidindo de forma parcial ações envolvendo integrantes do movimento.Segundo Mauro, apesar de não existirem condenações judiciais de trabalhadores ruraisno País, muitos sem-terra estão presos acusados de formação de quadrilha e esbulhopossessório.Naves disse que o STJ não pode intervir na decisão de juízes. Mas, se for provocadoposteriormente e existirem erros, o tribunal pode corrigi-los. Mesmo assim, o presidentedo STJ pediu aos parlamentares e líderes do MST um levantamento sobre as supostasdecisões parciais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.