Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Presidente do STJ é contra controle externo do Judiciário

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Nilson Naves, criticou hoje a proposta de controle externo do Judiciário, defendida hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de abertura do ano judiciário, realizada no Supremo Tribunal Federal (STF). "Como poder da União, (o Judiciário) não pode se submeter a ingerências externas, as quais trazem em si vírus letal que inseriria atitudes e interesses políticos determinados a influenciar as decisões dos tribunais", disse Naves numa reunião com a presença do presidente Lula.Segundo o presidente do STJ, o Judiciário não pode ser colocado em posição de subordinação a qualquer um dos outros poderes e defendeu a independência do Judiciário no repasse de recursos. "É inegável que o Judiciário precisa dispor de recursos humanos e materiais tão amplos quanto exige seu volume de trabalho".Ele disse que essa proposta não é corporativismo. "Se pedimos que os recursos que nos destinam sejam mais adequados às reais necessidades, é porque os tribunais devem ser acessíveis a todos os que os procuram, e os que a eles recorrem desejam ver seus pleitos julgados com celeridade", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.