Presidente do STF recua e diz que Dirceu é honrado

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),ministro Maurício Corrêa, voltou atrás na afirmação feita pela manhã de que o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, poderia se afastar do governo enquanto durar as investigações sobre Waldomiro Diniz. "Achoque o ministro José Dirceu é um homem honrado e digno", disse.Ele havia sugerido que Dirceu seguisse o exemplo de um de seus antecessores - Henrique Hargreaves -, que, no governo Itamar Franco, se afastou do cargo ao ser acusado de corrupção e, uma vezinocentado, reassumiu o Ministério. Corrêa fez a sugestão ao chegar à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.Ao sair da comissão, o presidente do Supremodemonstrou irritação com a repercussão da sua declaração. Corrêa disse que foi "mal interpretado e induzido a falar" sobre o assunto por jornalistas. "Esse é um problema pessoal do Palácio do Planalto", afirmou Corrêa, ao sair da audiência na CCJ, onde falara sobre reforma do Judiciário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.