Presidente do PSB paulista sinaliza apoio a Alckmin

O presidente do PSB paulista, Márcio França, afirmou há pouco que a legenda ainda não definiu um apoio à corrida sucessória em São Paulo e que as negociações serão retomadas em março. Contudo, ele ressaltou que as pesquisas internas do partido apontam que o eleitor do provável candidato da legenda à Presidência da República, o governador de Pernambuco Eduardo Campos, não tem resistência a uma composição com o PSDB de São Paulo, cujo candidato à reeleição é o governador Geraldo Alckmin.

MARIA REGINA SILVA, Agência Estado

25 Janeiro 2014 | 13h45

Na sua avaliação, a provável candidatura de Eduardo Campos, que deverá ter como vice a ex-senadora Marina Silva, já é uma grande novidade no cenário eleitoral. Em razão disso, ele avalia que uma candidatura própria de seu partido em São Paulo poderia criar um "overbooking" de novidades, prejudicando a candidatura majoritária de Campos.

Mais conteúdo sobre:
PSB PSDB eleições 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.