Presidente do INSS deixa cargo e PMDB conquista comando

Lindolfo Neto de Oliveira Sales, chefe de gabinete do ministro da Previdência Social, assumirá instituto

João Villaverde e João Domindos, de O Estado de S. Paulo

18 de outubro de 2012 | 16h17

O PMDB garantiu para o partido a presidência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Para o lugar de Mauro Hauschild, que entregou o cargo nesta quinta-feira, 18, ao ministro Garibaldi Alves, da Previdência Social, foi escolhido Lindolfo Neto de Oliveira Sales, atualmente chefe de gabinete do ministro.

Hauschild é filiado ao PT e chefiou o INSS desde o início do governo Dilma Rousseff. Ele deve ficar no cargo até o final do mês, quando volta para a Advocacia Geral da União (AGU). Antes do INSS, Hauschild foi chefe de gabinete do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
INSSPMDBcomando

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.