Presidente do DEM em Sergipe é presa

Ana Maria Alves é investigada por crime de peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação

Antonio Carlos Garcia, Especial para O Estado

01 de dezembro de 2017 | 17h28

ARACAJU - A presidente do Democratas  (DEM) em Sergipe, Ana Maria Alves, filha do ex-prefeito de Aracaju, João Alves Filho, e da senadora Maria do Carmo, foi presa preventivamente nesta sexta-feira. Ana Maria é investigada por crime de peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação, crimes previstos na Lei 12.850/2015.  De acordo com os promotores de Justiça, Ana Maria teria praticado atos graves na tentativa de induzir declarações e depoimentos de investigados e testemunhas durante apurações do Ministério Público.

+++ Bretas publica foto com fuzil durante treinamento de segurança

Os promotores de Justiça e o Deotap também estão cumprindo mandados de busca e apreensão na sede do diretório regional do DEM, que coordenam as investigações desencadeadas a partir das operações Caça-Fantasma, decorrente da Anti-desmonte, deflagrada no final de 2016, quando João Alves Filho deixou a prefeitura de Aracaju.

+++ Lava Jato no Rio já mandou 134 para o banco dos réus e pediu devolução de R$ 2,3 bi

Essa não é a primeira que um filho do ex-prefeito de Aracaju, João Alves Filho, é preso. Em 2007, o filho dele, João Alves Neto, foi  preso na Operação Navalha, desencadeada pela Policia Federal.

+++ As razões de Toffoli para manter Picciani e Paulo Melo na cadeia de Benfica

Procurados, os alvos da operação do MP não se pronunciaram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.