Presidente do DEM em Sergipe é presa

Ana Maria Alves é investigada por crime de peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação

Antonio Carlos Garcia, Especial para O Estado

01 de dezembro de 2017 | 17h28

ARACAJU - A presidente do Democratas  (DEM) em Sergipe, Ana Maria Alves, filha do ex-prefeito de Aracaju, João Alves Filho, e da senadora Maria do Carmo, foi presa preventivamente nesta sexta-feira. Ana Maria é investigada por crime de peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação, crimes previstos na Lei 12.850/2015.  De acordo com os promotores de Justiça, Ana Maria teria praticado atos graves na tentativa de induzir declarações e depoimentos de investigados e testemunhas durante apurações do Ministério Público.

+++ Bretas publica foto com fuzil durante treinamento de segurança

Os promotores de Justiça e o Deotap também estão cumprindo mandados de busca e apreensão na sede do diretório regional do DEM, que coordenam as investigações desencadeadas a partir das operações Caça-Fantasma, decorrente da Anti-desmonte, deflagrada no final de 2016, quando João Alves Filho deixou a prefeitura de Aracaju.

+++ Lava Jato no Rio já mandou 134 para o banco dos réus e pediu devolução de R$ 2,3 bi

Essa não é a primeira que um filho do ex-prefeito de Aracaju, João Alves Filho, é preso. Em 2007, o filho dele, João Alves Neto, foi  preso na Operação Navalha, desencadeada pela Policia Federal.

+++ As razões de Toffoli para manter Picciani e Paulo Melo na cadeia de Benfica

Procurados, os alvos da operação do MP não se pronunciaram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.