Diego Nigro/JC Imagem
Diego Nigro/JC Imagem

Presidente da Transpetro nega irregularidade

Apadrinhado de Renan evita perguntas e alega que reuniões com Costa foram para tratar de ‘programa de sindicato’

Leonêncio Nossa - enviado especial , O Estado de S. Paulo

15 de abril de 2014 | 05h00

Ipojuca - Presente no Porto de Suape, em Pernambuco, onde a presidente Dilma Rousseff inaugurou ontem o petroleiro Dragão do Mar, o presidente da Transpetro, Sérgio Machado, disse que não há nada que o prejudique por seu nome aparecer quatro vezes na agenda do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa, como revelou o Estado. "Não tem nada para esconder", garantiu.

O ex-diretor Costa está atualmente preso em Curitiba, por suspeita de irregularidades na Petrobrás, detectadas pela Operação Lava Jato da Polícia Federal. Machado diz também que não há problemas para seu padrinho político, o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL). Enquanto ouvia perguntas, ele tentava abrir caminho em direção a uma van , após a viagem inaugural do Dragão do Mar.

Como o sr. avalia o discurso da presidente Dilma Rousseff com referências às diretorias da Petrobrás e da Transpetro?

Foi um discurso defendendo o programa (de construção de navios), defendendo o desenvolvimento e defendendo a indústria. É o que o Brasil quer.

A agenda do ex-diretor Paulo Roberto Costa cita quatro encontros com o sr. após a saída dele da estatal. O que foi tratado?

O que foi é que (ele) foi pedir para receber um sindicato que queria fazer um programa de treinamento. É um sindicato nacional de mestres e contramestres. Nós recebemos. O sindicato apresentou a proposta. Estudamos a proposta. Nós não tínhamos mestres e contramestres. Não fizemos nada.

Mas foram quatro encontros para tratar desse único tema?

(Machado não responde)

Acha que essas citações do seu nome na agenda do ex-diretor atingem politicamente o senador Renan Calheiros?

Não, não atinge nada. Não tem nada para esconder.

Qual o motivo de receber Paulo Roberto Costa quatro vezes?

Rapaz, estou inaugurando um estaleiro (o evento foi para marcar a primeira viagem do navio Dragão do Mar e o batismo do navio Henrique Dias, ainda em construção).

O senhor tratou do tema do curso do sindicato em quatro encontros?

Vamos embora (Já dentro da van, Machado orientou seguranças a fecharem a porta do carro).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.