Presidente da Petrobrás não está ameaçado, diz FHC

O presidente Fernando Henrique disse há pouco, por intermédio de seu porta-voz, Georges Lamazière, que a posição do presidente da Petrobrás, Henri Philippe Reichstul, não está ameaçada por causa das três explosões na plataforma Petrobrás-36 (P-36), na Bacia de Campos, no litoral do Rio de Janeiro. No acidente, um funcionário morreu e outro está em estado grave. Nove vítimas estão desaparecidas.Leia mais: RJ: explosões destroem plataforma de petróleo Petrobrás: 10 desaparecidos na explosão da plataforma no RioExplosão de plataforma: um morto e dois feridosPetrobrás: causa de acidente ainda é desconhecidaMinistro José Jorge vai ao RioPetrobrás: em 3 anos, 99 acidentes e 32 mortesDespreparo pode ser a causa de acidentesAcidente derruba ações da PetrobrásFerido em acidente teve 98% do corpo queimadoPetrobrás identifica desaparecidos no acidentePT acompanha perícia na plataformaPetrobrás: Defesa Civil corre contra o tempoPetrobrás: familiares estão sem notíciasPetrobrás: há risco de a plataforma P36 afundarP-36 produz 180 mil barris por diaSe plataforma afundar, pode ocorrer vazamentoPetrobrás: veja o impacto do acidente nas açõesChances de encontrar sobreviventes são remotasEstabilidade da plataforma é prioridade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.