Presidente da Câmara marca votação do mínimo para terça

O presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), marcou para a próxima terça-feira, dia 22, a votação da medida provisória do salário mínimo pelo plenário da Casa. Ele disse que a tendência da Câmara é manter o valor de R$ 260,00. Segundo ele, quando os deputados votaram esse valor já tinham como opção os R$ 275,00 aprovados ontem pelo Senado. "Já errei recentemente e posso errar de novo". Recentemente, João Paulo foi derrotado na votação da emenda constitucional que permitia a reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado. O presidente da Câmara informou que enviará telegrama a todos os deputados, informando-os da data da votação da MP do mínimo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.