Prêmio Nobel diz que é possível clonar até Hitler e Napoleão

Com meios econômicos e científicos suficientes, teoricamente, é possível clonar personagens como Hitler ou Napoleão. Foi o que disse ontem, em Monterrey, no México, o americano Ferid Murad, prêmio Nobel de Medicina em 1998. "Se há DNA disponível e dinheiro, é possível", disse. Segundo Murad, diretor de Ciências Básicas da Escola de Medicina da Universidade do Texas, todos os cientistas sérios do mundo estão contra a clonagem humana. "Não creio que a clonagem de humanos seja necessária e tampouco penso que seja eticamente aceitável. Não vejo nenhum benefício em clonar seres humanos", disse. Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.