Prefeitura de Santos busca informações sobre o acidente

O prefeito disse que dez pessoas foram atendidas após o acidente, algumas com sintomas de intoxicação e outras com ferimentos de estilhaços

WLADIMIR DANDRADE E ANA FERNANDES, Estadão Conteúdo

13 de agosto de 2014 | 16h00

O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), informou que decretou luto oficial de três dias no município em homenagem às vítimas do acidente aéreo que matou o presidenciável Eduardo Campos. Barbosa disse também que a prefeitura está em contato com os governos estadual e federal para a troca de informações sobre o acidente.

O prefeito disse que dez pessoas foram atendidas após o acidente, algumas com sintomas de intoxicação e outras com ferimentos de estilhaços. Seis foram atendidas na Santa Casa e o restante, no Pronto-Socorro central da cidade.

O local onde a aeronave executiva caiu foi isolado. "Acionamos forças municipais e a Defesa Civil e a nossa estrutura de trânsito para isolar a área por conta de risco de explosões", disse, durante entrevista coletiva na prefeitura de Santos. Barbosa afirmou, ainda, que todas as informações relacionadas ao acidente estão a cargo da Aeronáutica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.