Prefeitura de Fortaleza publica revista com foto de ato sexual

Após publicação, exemplares foram tirados de circulação e publicação foi reimpressa

Lauriberto Braga, do Estadão,

21 Setembro 2007 | 21h45

A prefeitura de Fortaleza publicou uma foto de um ato sexual em uma revista da Fundação de Cultura, Esporte e Turismo da Prefeitura de Fortaleza (Funcet) e teve de tirar os exemplares de circulação. A imagem de uma mulher com dois homens servia para ilustrar a reportagem de capa da edição número três da revista Farol, cujo tema era a prostituição no centro da cidade.  O deputado estadual Artur Bruno, do PT, mesmo partido da prefeita, confirmou e publicação da foto, mas disse que a revista não chegou a ser distribuída. Já o deputado tucano Fernando Hugo afirmou que algumas escolas, entidades públicas e organizações governamentais já tinham recebido a primeira impressão com a foto polêmica. "As crianças das escolas públicas chegaram em casa com esta revista, mostrando a fotografia da mulher com dois homens. A matéria faz apologia à prostituição e discrimina os deficientes físicos", disse Hugo. Segundo Bruno, a prefeita Luizianne Lins não tinha visto a reportagem, mas logo que soube do conteúdo determinou a substituição da imagem. "Houve um equívoco da revista e a Prefeitura reconhece isso", afirmou. O petista informou também que por determinação de Luizianne a foto foi censurada e feita uma reimpressão da tiragem de 25 mil exemplares. Outro lado A editora da revista Farol, jornalista Ethel de Paula, reconheceu o erro da publicação da foto. "Quando vimos na tela do computador a foto estava desfocada, mas quando passou para a impressão consideramos a foto inadequada e recolhemos toda tiragem para nova impressão sem a foto e colocamos uma outra matéria sobre o centro".  A editora esclarece que não houve distribuição massiva da revista com a foto considerada pornográfica. "Isso é uma leviandade do deputado Fernando Hugo. Só tínhamos distribuindo poucos exemplares que foram imediatamente recolhidos". Ethel disse que a "Farol" é bastante elogiada "pela sua qualidade de conteúdo e gráfica pelos gestores culturais. Ela conta a história da cidade com narrativas interessantes".  

Mais conteúdo sobre:
Luizianne LinsFortaleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.