Prefeitos de capitais do NE criam fórum para gestão

Reunidos nesta segunda-feira no Recife, os prefeitos de capitais do Nordeste criaram um fórum visando à eficiência da gestão das cidades e o fortalecimento de reivindicações comuns, a exemplo de financiamento dos serviços públicos da saúde e pacto federativo. Eles reclamaram das desonerações do governo federal que atingem os tributos compartilhados com os Estados e municípios e poderão propor linhas próprias de financiamento para obras de infraestrutura.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

15 Abril 2013 | 19h29

Os encontros do fórum serão trimestrais, tendo como sede uma capital nordestina a cada encontro. Das nove capitais, sete estiveram representadas. De acordo com o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), embora confirmados, os prefeitos de João Pessoa (Luciano Cartaxo, do PT) e de Teresina (Edvaldo Holanda Jr, do PTC) tiveram contratempos que os impediram de participar da primeira reunião.

Julio acredita que o fórum terá força política para sensibilizar a União e o Congresso no atendimento às reivindicações de um fórum que representa a região mais pobre do Brasil. "Estamos todos empenhados em cortar gastos, em melhorar a arrecadação, mas enfrentamos dificuldades fortes, especialmente em época de seca severa que causa impacto nas capitais", destacou o prefeito.

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) reforçou o discurso, ao destacar que sua cidade tem um déficit previsto para 2013 de R$ 100 milhões na área da saúde. "Vamos fazer estudo do teto de média e alta complexidade para não permitir que o déficit gere desassistência à população", afirmou. "Por outro lado, a capacidade de investimentos das capitais do Nordeste é muito baixa, vamos precisar do apoio do governo federal".

Também participaram do encontro os prefeitos de Teresina, Firmino Filho (PSDB), de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), de Aracaju, João Alves (DEM) e de Fortaleza, Roberto Claudio (PSB). O prefeito de Natal , Carlos Eduardo Alves (PSB), foi representado pelo seu chefe de gabinete. Neste primeiro encontro, os prefeitos se reuniram a portas fechadas, no auditório da Central de Artesanato do Recife Antigo, durante toda a tarde, garantiram não terem trado de assunto político-eleitoral. A ideia da criação do fórum surgiu quando eles participaram do encontro de prefeitos brasileiros com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília, e perceberam a necessidade de união para dar mais força às suas reivindicações e dificuldades.

Mais conteúdo sobre:
PrefeitoscapitaisNordeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.