ANDRE DUSEK/ESTADÃO
ANDRE DUSEK/ESTADÃO

Prefeito tucano critica Alckmin e diz que vota em Dilma

Em cerimônia no Palácio do Planalto, o prefeito de Rio Grande da Serra (SP), Gabriel Maranhão (PSDB), criticou hoje o governador tucano, Geraldo Alckmin, e anunciou o seu voto à presidente Dilma Rousseff nas eleições de outubro. Ao assinar convênio que beneficiará o seu município com R$ 41 milhões com o governo federal, na presença de Dilma e de três ministros, o prefeito disse: "quero enaltecer as obras da presidenta, que vem fazendo uma política muito republicana. A senhora sabe que eu sou do PSDB, mas meu coração e minha alma são vermelhos. E a senhora fez com que Brasília fosse mais próximo de Rio Grande da Serra do que o Palácio dos Bandeirantes".

TÂNIA MONTEIRO E RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

02 de julho de 2014 | 21h04

"A senhora tem a minha gratidão, meu reconhecimento e principalmente a senhora tem o meu voto, tá presidenta? Quero agradecer, mesmo", avançou o prefeito. Dilma Rousseff, meio sem graça, mas com sorriso de lado a lado, respondeu: "eu agradeço de coração". E, em seguida, perguntou ao prefeito sobre os investimentos na cidade do programa "Minha Casa, Minha Vida".

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesSPPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.